5 coisas que o Brasil poderia aprender com a Alemanha

22 (1)

Eu não sou aquele tipo de pessoa que sai do Brasil e passa a criticar tudo o que existe por lá. Mas vejo frequentemente alguns hábitos e atitudes que são adotadas por aqui na Alemanha (mas que também não são exclusivos do povo alemão) e que poderiam facilitar bastante o cotidiano dos brasileiros. Vamos a alguns deles!

:: Menos espera nas filas dos supermercados
Tenho horror às filas quilométricas dos supermercados no Brasil. Às vezes, perdemos mais tempo nas filas dos caixas do que fazendo compras. Já aqui na Alemanha os caixas são treinados pelo “The Flash”. Eles passam os produtos pelo leitor de código de barras com uma agilidade incrível, e é o cliente que precisa correr para embalar suas compras – caso contrário, elas ficarão misturadas com as do cliente seguinte. Com isso, as filas são pequenas ou praticamente inexistentes. Uma maravilha!

:: Dando passagem pra quem está com pressa
Um simples ato pode facilitar – e muito – quem tem mais pressa em pegar um próximo meio de transporte ou simplesmente chegar mais rapidamente ao seu destino. Aqui na Alemanha (e também em outros países como a Inglaterra), quem não está com tanta pressa fica ao lado direito da escada rolante, deixando o lado esquerdo livre pra quem precisa correr. Não custaria nada se também adotássemos esse hábito no dia a dia nas estações de metrô, trem, aeroportos e nos shoppings brasileiros, não é mesmo?

:: Carrinhos de compras no lugar certo
Por pura preguiça, muitas vezes os brasileiros deixam os carrinhos de compras jogados pelo estacionamento ou em áreas que atrapalham a circulação dos pedestres. Aqui na Alemanha isso não acontece: para liberar um carrinho, você precisa depositar uma moeda. E quando terminar suas compras, basta colocar o carrinho no lugar certo para receber sua moeda de volta! Simples assim.

:: Organização nos meios de transporte
Andar de metrô nas grandes cidades pode ser bastante confuso no Brasil. Eu me lembro de pegar o metrô no Centro do Rio nos horários de rush e de muitas vezes não conseguir entrar no vagão simplesmente porque não havia uma organização na entrada e saída de pessoas. Aqui na Alemanha todos seguem a seguinte regra: em primeiro lugar, todas as pessoas que desejam saltar do trem, ônibus ou metrô devem sair. Só depois disso é que as pessoas que estão na estação começam a entrar. E não é que funciona muito bem?

:: Menor desperdício de sacolas plásticas
Aqui na Alemanha eu ando sempre com uma sacolinha ecológica dobrada na bolsa. E quando vou fazer compras maiores, utilizo um carrinho com rodinhas que comporta vários produtos. Por aqui, quase todas as lojas e supermercados cobram pelas sacolas plásticas. Enquanto isso, no Brasil, vemos os supermercados esbanjarem sacolas e muitas vezes até utilizando uma sacola dentro da outra – e o que é pior, nem sempre elas suportavam o peso dos produtos e arrebentavam antes de chegar em casa.

Apesar de eu sempre tentar reaproveitar os sacos plásticos que recebia no Brasil, nunca dava conta de usar tudo, e muitos deles acabavam indo pro lixo. Torço para que a moda das ecobags pegue de uma vez por lá pra evitar tanto desperdício!

O que mais você acha que poderia fazer parte desta lista? Deixe suas sugestões nos comentários!

Sobre Márcia Oliveira 226 Artigos
É uma carioca completamente apaixonada por viagens - assim que chega de uma já está planejando a próxima. Atualmente mora em Munique, na Alemanha. É Jornalista e tem um marido super gente boa que a acompanha em suas aventuras. Adora fotografia. Ama a família e os animais. Aprecia as coisas simples da vida. E adora escrever no blog e conversar sobre viagens!

8 Comentário

  1. Amei o texto. Ótimas observações , o turista aí fica bobo de ver como tudo isso funciona tão bem.
    Lembrei dos elevadores nos metrôs e trens. Funcionam e as pessoas só utilizam se precisam mesmo.
    Continue escrevendo, quem sabe os nossos governantes leem e começam a melhorar os transportes públicos por aqui e então o povo se educará para utilizá-lo melhor.

  2. Posso confirmar a veracidade de tudo que foi exposto no texto, porque estive lá há um mes e fiquei encantada!
    O serviço de transporte público é tão eficiente que não há necessidade dos moradores saírem em seus carros particulares , ou explicando melhor, não há necessidade de se ter um carro.
    As conexões metrô- metrô e metrô -trem são muito bem boladas, de tal modo que se vc. tiver um mapa da cidade,onde figuram as redes de transporte ,vc pode se locomover de um lugar para outro, sem ter estado anteriormente ali, e nem mesmo pedir informações.
    Nós aqui em casa não falamos alemão, porém viajávamos de metrô somente consultando o mapa.
    Tudo dá certo, todos obedecem às leis.
    Existe um lugar assim tão organizado em tudo ,para surpresa dos pobres brasileiros!

  3. Além 5 coisas que citou, acrescento algo que me chamou mta atenção: cachorros podem entrar no shoping inclusive tem um “dog stop” com ração e água. E tb são aceitos no trem, porém o dono como tutor assume a responsabilidade do adestramento e é logico andar sempre com o saquinho para recolher as fezes.

Dê vida a este blog! Deixe sua opinião aqui!