De carro no Deserto do Atacama

Oi pessoal! Eu sou a Camila e vim aqui dividir minhas impressões sobre uma viagem incrível ao Deserto do Atacama em uma série de posts. Espero que curtam as dicas e se animem a conhecer esse lugar espetacular!

O Atacama é o deserto mais alto e árido do mundo, estima-se que ocupe 105.000 Km² entre o norte do Chile até o Peru. Engana-se quem pensa que o Deserto do Atacama é uma monótona extensão de areia, depois de atravessar o deserto de carro eu posso garantir que é uma exuberância de cores, cheiros e sensações!

Neste e nos próximos posts eu vou contar para vocês como foi a minha experiência e como “sobrevivi” as oscilações de altitude, temperatura e umidade! Se você está em busca de uma boa aventura ou de um passeio mais “natureba” venha comigo!

As cores do deserto
As cores do deserto

Como chegar?

É possível chegar pelo Peru, Bolívia, Argentina e pela mais utilizada, o Chile. Além do Chile  abrigar a maior extensão de deserto, fica na região de Antofagasta o vilarejo-oásis mais procurado por viajantes de todo mundo, San Pedro do Atacama.

  • Não há voos direto saindo do Brasil e em Santiago há 3 alternativas:
  • Ónibus: 24 horas de deslocamento
  • Avião até Calama (aeroporto mais perto): 2 horas deslocamento
  • Carro: de 2 há 3 dias de deslocamento

Cruzando o deserto

Minha trupe e eu escolhemos ir de carro, pois realmente queríamos “atravessar” o deserto e ficamos muito satisfeitos. Essa opção demanda muito, mas muito planejamento. Se você não é fã de passar horas dentro de um carro ou de dirigir, opte pelo avião. Agora, se você gosta de dirigir e analisar mapas como se estivesse em busca do tesouro perdido, arrisque-se sobre quatro rodas. Na verdade não é tão arriscado assim, as estradas são ótimas, bem sinalizadas e os motoristas chilenos muito educados.

Se você quiser saber mais sobre como é a viajar de carro de Santiago até San Pedro do Atacama, aguarde nosso próximo post!

O que tem para fazer?

Em San Pedro do Atacama você vai encontrar  a Iglesia de San Pedro, a Casa Incaica construída em 1540 para abrigar  o fundador/colonizador do Chile Pedro de Valdivia, o Museo Arqueológico Gustavo Le Paige, feira de artesanatos, além de uma arquitetura muito singular das casas e comercio.

No vilarejo também é possível contratar diversos passeios com agências especializadas. Mesmo se você estiver com um carro potente recomendo analisar com muita precaução quais locais é seguro ir por conta própria. Apesar da boa estrutura que encontramos nos principais pontos turísticos, ainda estamos falando do lugar mais árido do planeta.

Os destinos mais famosos no deserto são: o Salar de Tara, Valle de la Luna, Lagunas Altiplânticas, Laguna Cejar, Geysers del Tatio , Vulção Lascar, observação noturna das estrelas e para os mais aventureiros o Salar de Umi, que atravessa o deserto de sal até a Bolívia.

Vale La Luna
Vale La Luna

Há uma grande variação de altitude entre os destinos acima, San Pedro do Atacama está a 2400m acima de mar e alguns desses destinos chegam a quase 5000m.

Laguna Cejar
Laguna Cejar

Infelizmente nós fizemos poucos passeios partindo de San Pedro do Atacama, mas conhecemos lugares fabulosos pelo caminho em um misto de deserto e mar, imensidão e finitude, solidão e preenchimento.

deserto e mar
O deserto e o mar

Ficou curioso?! Então leia os nossos próximos posts sobre como é viajar de carro, o que levar para o deserto e onde ir!

1 Comentário

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Dicas para alugar automóvel e viajar de carro no Deserto do Atacama ⋆ Viajando por aí
  2. Deserto do Atacama: o que você deve levar na mala ⋆ Viajando por aí

Dê vida a este blog! Deixe sua opinião aqui!