Dicas para visitar os campos de concentração nazistas (Auschwitz e Birkenau) na Polônia

Aproveite e leia também o relato da minha visita aos campos de concentração de Auschwitz e Birkenau: Parte 1 e Parte 2

O famoso pórtico de Birkenau - Campos de concentração na Polônia
O famoso pórtico de Birkenau, várias vezes já retratado no cinema

1) Saindo do Brasil:

Não há voos diretos para a Polônia. Você terá que fazer uma escala nas seguintes cidades antes de chegar ao país: Frankfurt (se voar pela Lufthansa), Madri (se voar pela Iberia), Paris (se voar pela Air France), Amsterdam (se voar pela KLM). Provavelmente, seu primeiro destino na Polônia será Varsóvia, que fica distante dos campos. Neste caso, pegue um voo até Cracóvia (pela Lot Airlines ou Ryanair) ou vá de trem (confira horários aqui).

A viagem de trem entre Varsóvia e Cracóvia pode durar de 3 horas e 20 minutos a mais de 8 horas (dependendo do trem e do número de baldeações) e, em Cracóvia, você deverá saltar na estação Kraków Glówny se for ficar na área do centro histórico da cidade.

Já de avião, você leva cerca de 30 minutos para chegar de Varsóvia a  Cracóvia (menos que o tempo de viagem entre Rio de Janeiro e São Paulo).

2) De Cracóvia para os campos de concentração em Oświęcim – como chegar:

A viagem de trem dura cerca de 1h30min a partir de Cracóvia – informe-se aqui.  Se for de ônibus, você poderá viajar com a empresa PKS, que tem paradas próximas ao museu. Você deverá comprar o seu tíquete para Oświęcim, nome da cidade onde ficam os campos. Em vez de ir por conta própria, recomendo contratar o tour em Cracóvia, porque ouvi relatos de visitantes que tiveram dificuldades em encontrar os campos indo de trem.

3) Entrada e tour guiado:

É gratuita. Se for por conta própria e desejar um tour guiado, terá que se juntar a um grupo e pagar 40 zlotys. Você receberá um radinho com headphone e será acompanhado por um guia durante todo o tempo da visita. Os tours estão disponíveis nos seguintes idiomas: inglês, francês, alemão, italiano e espanhol e incluem os campos de Auschwitz e Birkenau (Auschwitz II).

Eu contratei um tour em uma agência de Cracóvia (Crakow City Tours), por cerca de 90 zlotys. Ele incluía transporte em ônibus para os campos e também entre eles, além do tour guiado. Acho que valeu muito a pena, embora acredite que a nossa guia poderia ter corrido menos para dar mais tempo de tirar fotos e conhecer os pontos de interesse.

4) Horários de visita:

Os horários variam de acordo com as estações do ano:

– 8:00 AM – 3:00 PM: de Dezembro a Fevereiro
– 8:00 AM – 4:00 PM: em Março e Novembro
– 8:00 AM – 5:00 PM: em Abril e Outubro
– 8:00 AM – 6:00 PM: em Maio e Setembro
– 8:00 AM – 7:00 PM: de Junho a Agosto

O complexo Auschwitz-Birkenau fica aberto todos os dias do ano, com exceção dos seguintes feriados: 1º de janeiro, 25 de dezembro e Domingo de Páscoa.

5) O que levar:

Se for inverno um casaco pesado, gorro, luvas e cachecol são indispensáveis. Faz muuuito frio e venta bastante nos campos, principalmente em Birkenau, que é mais descampado. No verão, acredito que seja interessante levar água e protetor solar.

Além disso, providencie um lanche e leve-o na mochila, porque não há restaurantes ou lanchonetes no local. Apenas em Auschwitz vi algumas vending machines de bebidas.

7) Outras informações importantes

– A visita não é recomendada para menores de 14 anos.
– Vá com um calçado confortável e prepare-se para andar bastante!
– Você poderá fotografar a maior parte da visita sem flash (fique atento às placas de sinalização que indicam os poucos os lugares que não podem ser fotografados).
– Faça silêncio durante toda a visita. Lembre-se que os campos de concentração não são uma atração turística qualquer, mas um memorial onde mais de 1,5 milhão de pessoas foram mortas.


8) Site oficial do complexo Auschwitz-Birkenau:

http://en.auschwitz.org/m/ 

Aproveite e leia também o relato da minha visita aos campos de Auschwitz e Birkenau: Parte 1 e Parte 2

Sobre Márcia Oliveira 226 Artigos
É uma carioca completamente apaixonada por viagens - assim que chega de uma já está planejando a próxima. Atualmente mora em Munique, na Alemanha. É Jornalista e tem um marido super gente boa que a acompanha em suas aventuras. Adora fotografia. Ama a família e os animais. Aprecia as coisas simples da vida. E adora escrever no blog e conversar sobre viagens!

13 Comentário

    • Oi Toninho, como fui aos campos no auge de um inverno muito rigoroso, não deu pra ficar o dia todo. Mas em outras épocas, o passeio dura um dia inteiro. Eu fiquei nos dois campos cerca de 4 horas, além do tempo de deslocamento entre Cracóvia e Oswiecin, cidade onde se localizam esses campos (em torno de uma hora para ida e volta).

  1. Eu fui pela Cracovia Tour ontem, passeio sem vergonha, 130 Zlots, para chegar lá as 10:30 e ir embora 13:40, porque eles iriam usar o mesmo onibus e a mesma guia, (em espanhol eu fui) para ir as Minas, ai hoje as 8 peguei um onibus, 14 zlots no Main Station, cheguei la 9:40, comecei a visita e fui embora de la as 17 horas porque quis, vi todos os barracoes, todos que se podiam entrar, com o tour, vimos 5 barracoes, e em Birkenau, com a guia demos uma volta ate o trem, até um dos lugares de gas, e na saida vimos as latrinas e o espaço que dormiam. Hoje sozinho, vi tudo isso, e ainda fui ao edificio de sauna, onde davam banho e desinfectavam. Andei por horas em Birknau, vimos um barracão com latrinas mas bem conservadas, vimos outro barracao intocado onde dormiam, ai foi tenso…desculpe, se vai a Auschwitz, vá sozinho, é so seguir as setas e vc vê tudo… e para voltar 13 zlots. maravilha.

  2. Marcia, o tour inclui saida de cracovia X Auschwitz x cracovia e o tour interno com fone? Pois em alguns sites vi que tem que reservar no site oficial do memorial (mas pelo o que eu entendi isso é apenas para quem vai por conta propria?) ou lá vc teve que pagar os fones e o tour do memorial? Outra pergunta, nos site do tour está incluso um filme de 50 minutos, isso é no trajeto, ou lá no campo?

Dê vida a este blog! Deixe sua opinião aqui!