Furadas de viagens: Easyhotel London Earls Court

Na minha terceira visita a Londres, em agosto de 2012, decidi me hospedar no Easyhotel, em Earls Court. Pra quem nunca ouviu falar, essa cadeia de hoteis pertence à companhia aérea inglesa Easyjet e também segue a linha low cost, contando com simplesmente com o basicão para quem quer viajar economizando e sem frescuras (no frills).

Esta é a entrada do hotel

Como ficaria pouco tempo na cidade, achei que o tamanho reduzido do quarto não seria problema. Contanto que fosse um hotel bem localizado, seguro, limpo e que tivesse banheiro privativo e cama confortável, estaria ok por mim e pelo meu marido. Ah, e ainda pagamos mais um pouco para reservar um quarto com janela (sim, há quartos no Easyhotel sem janelas).

Sabendo de tudo isso, cheguei lá e fui informada pela recepcionista de que o meu quarto se localizava no terceiro andar. Até aí, tudo bem. O problema era que o hotel não tinha elevador, porque, além de ser um prédio antigo, todo o espaço é dedicado aos quartos. E mais: para chegar até o terceiro andar, era preciso subir 6 lances de escada – com malas. E teve mais um detalhe: pegamos alguns dos poucos dias de verão londrino, ou seja, fazia um calor daqueles na cidade! Em resumo, chegamos lá em cima derretendo e completamente sem fôlego. Imediatamente, nos deparamos com várias moscas no corredor – daquelas bem grandes e nojentas. Entramos rápido no quarto para fugir das moscas e tivemos mais um choque: ele era realmente pequeno. Ou melhor, era mínimo: lá dentro só cabiam a cama, o mini banheiro de fibra de vidro e as nossas malas de pé. Não havia espaço para abrir nossas bagagens ou para caminhar. O que fazer, então?  Sair e só voltar na hora de dormir. E foi o que fizemos.

Este foi o quarto em que ficamos.

Ao retornar à noite, fizemos alguns malabarismos para pegar o que queríamos dentro das nossas malas sem abri-las completamente. Chegamos com o lanche comprado no supermercado e não tivemos como comê-lo lá dentro. Descemos os seis lances de escada e fomos para um banquinho na rua desgustar nosso sanduíche. Só mesmo na hora de deitar e dormir. No dia seguinte, como já iríamos embora, conseguimos colocá-las em cima da cama e demos um jeito de arrumar melhor nossas coisas.

Sem dúvida, foi uma experiência ímpar e é mais uma história/furada de viagem que temos para contar. Não pretendo ficar novamente em outro hotel da rede nem a recomendo a ninguém, principalmente aos claustrofóbicos. Apesar de ser uma fã de viagens econômicas, acho que devemos ter o mínimo de conforto ao deixar nossas casas, e isso o Easyhotel Earls Court definitivamente não me ofereceu.

 

Sobre Márcia Oliveira 226 Artigos
É uma carioca completamente apaixonada por viagens - assim que chega de uma já está planejando a próxima. Atualmente mora em Munique, na Alemanha. É Jornalista e tem um marido super gente boa que a acompanha em suas aventuras. Adora fotografia. Ama a família e os animais. Aprecia as coisas simples da vida. E adora escrever no blog e conversar sobre viagens!

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Dicas de hotéis na Europa: algumas recomendações do blog Viajando por aí | Viagens pela Europa, EUA, Brasil e América do Sul
  2. Dicas de hotéis na Europa: algumas recomendações do blog Viajando por aí | Viajando por aí

Dê vida a este blog! Deixe sua opinião aqui!