O temido orçamento da viagem!!!

“Quando preparar uma viagem, tire todas as roupas do armário e junte todo o seu dinheiro. Depois, separe apenas metade das roupas e o dobro do dinheiro.” — Susan Heller

Muitos dizem que os preparativos da viagem são a melhor parte dela. E eu concordo em parte com estas pessoas, pois sou daquelas que vibra com cada momento que antecede a data da partida: desde a preparação do roteiro, reserva de hotéis, compra de passagens até a arrumação das malas.

Infelizmente, porém, existe uma parte que nem sempre agrada ao meu bolso: a execução do orçamento para as férias!

Pois é, na hora de fazer o câmbio, no caso de uma viagem ao exterior, ou de calcular o custo de hotéis, passagens aéreas ou até mesmo da gasolina, percebemos o quanto é caro para o brasileiro viajar, seja para o estrangeiro ou dentro do próprio país. Depois que o Lula criou aquele programa de incentivo de viagens para a terceira idade, eu até me animei, achando que ele lançaria algo parecido para quem ainda está na faixa dos 30 (eheheheheh). Mas, até agora, o nosso presidente só me deixou a ver navios… : (

Apesar de caro, viajar é sempre possível para quem planeja. Reservar uma pequena quantia todo mês é uma maneira de evitar um rombo muito grande na conta bancária no período das férias. Além disso, tirar férias na baixa temporada, escolher um destino que caiba no seu bolso e definir os lugares a serem visitados com antecedência representam uma boa economia ao viajante. Além disso, vale sempre a pena avaliar se é mais barato ir por conta própria (comprando a passagem e reservando hotéis e atrações separadamente) ou comprar um pacote em uma agência de viagens (às vezes elas conseguem preços melhores, pelo volume que vendem).

Eu, pessoalmente, prefiro planejar e executar o meu próprio roteiro e isso tem me proporcionado alguma economia e também mais liberdade nas minhas últimas viagens. O meu próximo roteiro, inclusive, também foi planejado por mim com certa antecedência, e, apesar de a viagem ser na alta temporada, consegui bons preços de passagem e também de hotéis. Para se ter uma idéia, consegui uma diária em Londres, no Ibis, pelo equivalente a apenas R$100,00, e uma passagem aérea Dublin-Londres por 14 euros. Uma pechincha para os padrões britânicos, não?

Uma das principais maneiras de conhecer as promoções de hotéis, agências ou companhias aéreas é assinante os boletins (newsletters) das empresas, que sempre nos mantém atualizados a respeito das últimas novidades e promoções. Certas comunidades de redes de relacionamento, como o Orkut, também são um bom local para trocar idéias com outros viajantes antenados. Além disso, pode-se também seguir no Twitter perfis de empresas do ramo turístico, que dão a seus “seguidores” informações fresquinhas (e, normalmente, bastante vantajosas) em primeira mão.

Enfim, “planejar” é a palavra-chave para quem quer evitar dores-de-cabeça, gastos excessivos e sustos com a fatura do cartão de crédito! Afinal, de nada adianta ter férias magníficas para depois passar o ano todo se virando para arcar com gastos excessivos e/ou não planejados!

Sobre Márcia Oliveira 226 Artigos
É uma carioca completamente apaixonada por viagens - assim que chega de uma já está planejando a próxima. Atualmente mora em Munique, na Alemanha. É Jornalista e tem um marido super gente boa que a acompanha em suas aventuras. Adora fotografia. Ama a família e os animais. Aprecia as coisas simples da vida. E adora escrever no blog e conversar sobre viagens!

1 Trackback / Pingback

  1. Teste: Você é viciado em viagens? - Viajando por aí

Dê vida a este blog! Deixe sua opinião aqui!