Zoológico de Buenos Aires: lá é permitido alimentar os animais

Em 2009, estive emférias em Buenos Aires. Apesar de ser a minha quinta passagem pela cidade, ainda não havia tido a oportunidade de visitar o zoológico,  que é uma atração bastante interessante até mesmo para quem já chegou e passou da casa dos 30 (meu caso).

O zoológico fica na região de Palermo, é muito grande, bem cuidado e conta com uma variedade grande de animais. Uma das coisas mais curiosas é que lá existem quiosques que vendem uma comida especial para os bichinhos. Você pode comprar um saco por 5 pesos ou um pote maior por 10 pesos.

Alguns bichos ficam bem próximos aos visitantes e, quando veem humanos, vão logo abrindo a boca na espera de ganhar um agrado. Outros ficam mais distantes, mas, mesmo assim, demonstram grande interesse pela “guloseima” que você tem nas mãos.

Os macaquinhos, sempre muito espertos, ficam com as patinhas dianteiras (ou braços) esticadas, em forma de concha, para que você jogue os pedacinhos de comida. Eles são muito engraçados, porque sabem fazer cara de “pidões” e deixam você com o coração partido. Uma estratégia muito evoluída pra conquistar o público e ganhar comida!

Consegui também alimentar umas lhamas e um filhote de antílope colocando a comida na palma da minha mão. Eles esticam o pescoço e ficam estrategicamente posicionados em aberturas que existem nas jaulas e cercas para “traçar” a comidinha.

Quem estiver de partida para Buenos Aires pode ter mais infos sobre o zoo aqui: http://www.zoobuenosaires.com.ar

 

Sobre Márcia Oliveira 226 Artigos
É uma carioca completamente apaixonada por viagens - assim que chega de uma já está planejando a próxima. Atualmente mora em Munique, na Alemanha. É Jornalista e tem um marido super gente boa que a acompanha em suas aventuras. Adora fotografia. Ama a família e os animais. Aprecia as coisas simples da vida. E adora escrever no blog e conversar sobre viagens!

Seja o primeiro a comentar

Dê vida a este blog! Deixe sua opinião aqui!